1° livro da Saga : ' Eragon "

Um livro ótimo que (infelizmente) não tenho (já li, claro), Christopher Paolini fez nele um ótimo trabalho(assim como em todos do Ciclo da Herança), o livro conta a história de Eragon, um caçador e fazendeiro de 15 anos, que ao ir caçar na Espinha, uma cadeia de montanhas perto de Carvahall, sua aldeia, encontra uma misteriosa pedra azul, que pensando valer alguma coisa a leva para casa, depois de alguns dias, daquela pedra sai um dragão, na qual ele dá o nome de Saphira, quando o rei ditador Galbatorix descobre onde esteve o ovo de  Saphira( a pedra azul) manda os Ra'zac, criaturas vis que se alimentam de carne humana, para capturar o ovo sem saber que ele já eclodiu, os Ra'zac matam Garrow, o tio de Eragon, este não morre pois Saphira, com medo o leva para a Espinha, quando ele volta, muito machucado, Brom, o contador de histórias, tenta ajuda-lo a vingar seu tio perseguindo os Ra'zac, nesta longa jornada, Eragon aprende magia e quando perdem o rastro dos Ra'zac visitam a cidade de Teirm, onde Brom acha que um velho amigo pode lhes ajudar, lá a herbolária Angela, lê a sorte de Eragon e diz que forças poderosas lutarão pelo controle de seu destino, ele terá um amor épico de berço nobre, uma traição dentro da família e o fato de que ele deixará a Alagaesia, para nunca mais voltar, o menino-gato Solembum também dá alguns conselhos para Eragon, ainda querendo vingar seu tio, Eragon vai à Dras-Leona, cidade onde fica o covil dos Ra'zac, porém são pegos em uma armadilha dos Ra'zac, onde  Brom é mortalmente ferido, eles são salvos por Murtagh, um garoto que vinha seguindo os rastros dos Ra'zac, Brom morre na noite seguinte, sem Brom, Eragon e Saphira decidem se unir aos Varden(rebeldes que querem destronar Galbatorix), na cidade de Gil'ead Eragon é capturado e levado até Durza, braço direito de Galbatorix, Murtagh e Saphira o ajudam a escapar, levando também a elfa Arya, que com a mente o mostra a localização dos Varden, onde eles tem de chegar rapidamente, pois Durza envenenara Arya, e apenas os Varden e os elfos tinham a cura, lá em Tronjheim, a capital anã, com a ajuda de Arya ele mata Durza, que o deixa com uma enorme e dolorosa cicatriz nas costas.

" Cai a escuridão...

  Colidem as espadas...

  Reina o mal. "